ACESSE: WWW.CFNOTICIA.COM.BR

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Pra finalizar as postagens do mês (obrigado): Produção de UM INFORMATIVO JORNALÍSTICO: eixos e particularidades, quais seus objetivos e o trabalho “que para quem gosta é uma diversão – séria”


JORNALISMO é uma atividade de cunho profissional (mas que por muitos é praticado por cunho de paixão, o que não é pecado – Seria a mesma coisa de um médico, engenheiro, professor que prefere ser chefe-de-cozinha aos feriados e fins de semana) que tem por objetivo retratar a realidade dos fatos, tornando-os do conhecimento público, zelando pela veracidade dos acontecimentos, sempre visando como a prestação de um ‘importante e insubstituível’ serviço social.


Para fazer jornalismo existe uma infinidade de funções, aos quais são desempenhadas por perfis profissionais diferentes. Iremos elencar, aqui, as principais, sem as quais é impossível desenvolver o trabalho. Tudo bem que, em alguns exemplos de pequenas redações, uma só pessoa desenvolva todas, mas que as funções são exercidas, isso são: (1) Redatores, (2) Repórteres, (3) Fotógrafos e/ou Cinegrafistas, (4) Revisores, (5) Editores. Ainda têm outras que dificilmente podem ser deixadas de exercer, como Pauteiros, Colunistas, Diagramadores, Produtores...


E, para produzir um informativo “jornal” temos um roteiro de produção, que vai desde a Pauta, Apuração, Redação e Edição. Esses quatro itens citados são exercidos, sem exceção, mesmo que passe despercebido.


®    A Pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados;


®    A Apuração é a busca das fontes, a reportagem, a checagem, a cobertura, o registro;


®    A Redação é a etapa da produção da matéria, a partir das informações Apuradas;


®    A Edição é a organização final do trabalho, a última parte, onde fotos e textos são conectados. Áudios são ajustados para serem emitidos. Imagens são ajustadas para serem exibidas.


Observação: E no caso de jornais e revistas, tem a Diagramação, ou seja, é disposição de como o material ficará no papel.


Por fim, temos as Editorias, que nada mais são que os tópicos que o noticioso leva ao ar, ao público: Expediente, Coluna Social, Editorial, Esporte, Polícia, Política, Ciência e Tecnologia, Agropecuária, e etc. E para concluir é necessário diferenciar Notícia de Artigo. Temos também a Crônica. (Carlos Ferreira)


Curtas da sexta feira, 31 de maio

São Francisco do Brejão - Neste sábado, 01 de junho, durante o dia, postaremos matérias completas sobre os tópicos relacionados abaixo:

POÇO ARTESIANO

A empresa vencedora do certame já está trabalhando na perfuração do poço artesiano ao lado do Parque de Vaquejada Raimundo Alves de Oliveira. O poço, logo após a vaquejada beneficiará a Vila Franciscano I, o Parque de vaquejada e o Conjunto Habitacional, ao lado do parque!

TRATORES AGRÍCOLAS

O prefeito Magnaldo Fernandes recebeu na tarde desta sexta feira, fruto de convênio federal - com contra partida do município, 02 tratores, os quais vem com lâmina para raspagem de terreno, sistema de gradeamento e carrocerias. São duas super máquinas que já compõe a frota do município. Conquista do Governo Construindo uma Nova História!

PIÇARAMENTO

As ruas da Vila Franciscano I, onde fica o parque de Vaquejada estão recebendo camada de pinçaras, e estão ficando como dizia um curioso presente "só mi dibuiado".

Amanhã, matérias completas com textos e fotos (as fotos já estão na câmera, mas emprestamos para umas candidatas que concorrerão amanhã para rainha fazerem fotos para o book). [Comunicação]


Rainha da XI Vaquejada do Brejão será conhecida amanhã

São Francisco do Brejão - Neste sábado, 01 de junho, será lançada a programação da XI Vaquejada de São Francisco do Brejão. Tudo começa com a escolha da Rainha, Princesa e Miss Simpatia da festa. 

Neste sábado, a partir das 8 horas da noite, no Parque Raimundo Alves de Oliveira, 14 belas garotas (por meio de vários critérios) estarão disputando os votos dos jurados para ser, ao final do desfile, escolhida a RAINHA da vaquejada 2013.

É ela, a Rainha, que além de receber uma excelente premiação, vai à cavalo ladeada pelo prefeito municipal na Cavalgada, que acontecerá no sábado (15), às 9 horas da manhã. 

Estão todos convidados para participar desta grande festa, é amanhã, a partir das 8 horas da noite, no Parque de Vaquejada, em Brejão, o desfile para a escolha da Rainha. (Comunicação)

 

Blog mantém média de mais de 300 acessos por dia




Blog vem mantendo média de mais de 300 acessos por dia. Neste dia 30 de maio, a página atingiu 323 cliques, e nesta sexta feira (31), até Às 19 horas estávamos com 312, sendo que fechamos o dia, 0h, com 350, exatos, acesso... Muito obrigado a todos tem dado crédito às postagens do blog. Muito obrigado, mesmo, e continuem acessando é por você, é pra vocês que despendemos de tempo para mantê-la atualizada. Nota do Editor, Carlos Ferreira.



Agora, MEIA NOITE E DEZESSETE MINUTOS de 01 de junho de 2013, já estamos com 50 cliques. Sendo que em maio foram mais de aproximadamente 5.200 (cinco mil e duzentos cliques).

Presidente da Câmara de Ribamar Fiquene faz balanço de cinco meses de mandato



Vereador-presidente Júlio César diz que busca realiza tudo o que for possível para realizar a melhor gestão na Câmara Municipal de Ribamar Fiquene

Ribamar Fiquene  - O presidente da Câmara Municipal de Ribamar Fiquene, Júlio Cesar da Silva Oliveira (PDT), apresentou essa semana um balanço desses primeiros meses de trabalho na Casa de Leis. Para ele, o período é de mudanças e de grandes realizações. “Tenho procurado incrementar o método de atuação do Poder legislativo, de modo que as ações sejam direcionadas e dê prioridade ao bem estar do cidadão, gerando a ele melhor qualidade de vida”, disse.
Júlio Cesar disse ainda que o Poder Legislativo ganhou um formato mais moderno, recuperou sua credibilidade e se aproximou mais da sociedade.“O cidadão fiquenense tem participado com afinco das sessões da Câmara e tem cobrado quando necessário e aplaudido quando precisa também. A democracia e a transparência tem reinado nessa Casa”, enfatiza Júlio Cesar.
Diversas ações comprovam o que diz o presidente. “Desde a primeira sessão que temos procurado atuar com relevância, visando em primeiro lugar, tomar decisões que tragam benefícios expressivos para o município de Ribamar Fiquene”. Segue Júlio Cesar, “Intensificamos a cobranças para que melhorasse o serviço público de saúde, reativamos alguns programas sociais, atuamos com firmeza também na educação infantil e fundamental, deliberamos ações para que fosse feito a recuperação de estradas vicinais e pontes na zona rural e também recuperação e pavimentação nas vias urbanas na sede e nos povoados de Arraias e Lajeado, etc.”
Geralmente o desempenho do chefe do parlamentar municipal é muito observado, principalmente pelos colegas de legislatura, e se o desempenho torna-se fraco ele tem poucas chances de permanecer no cargo; seu trabalho tem que ser pautado na seriedade e comprometimento público.
“Tenho consciência disso, por isso que quero fazer desse mandato um exemplo para os colegas”, diz o presidente Júlio Cesar que também citou a aprovação de Projetos de Leis de grande relevância para a administração pública, como o que autoriza o Poder Executivo a abrir crédito adicional no orçamento, neste exercício financeiro atual, de mais de R$ 500 mil e que vai beneficiar e ajudar manter o ensino infantil no município de Ribamar Fiquene.
 Julio Cesar citou ainda alguns Projetos de Lei e suma importância, os quais são:
- Projeto que dispões sobre a municipalização da estrada do assentamento Boa União, numa extensão de 12 km, interligando com a BR 010 em dois acessos.
- Projeto da Câmara que autoriza o Poder Executivo a criar o Programa Municipal de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Aqüicultura Familiar, que fomentará o fortalecimento das atividades na agricultura e na piscicultura, viabilizando a aquisição de maquinários para atender os trabalhadores dessas atividades.
- Lei que normatizou a estrutura a administrativa da Câmara.
- Lei que regulamenta a concessão de títulos de utilidade pública.
- Requerimento junto ao Poder Executivo, pela Secretaria de Infra Estrutura, a recuperação total, manutenção e distribuição de água no distrito de Lajeado.
Júlio Cesar disse que tem procurado fazer o cumprimento rigoroso da funcionalidade administrativa da câmara, exemplo disso é o pagamento em dia dos servidores, incluindo os vereadores. “Estamos procurando realizar tudo àquilo que é possível para propiciar a melhor qualidade na minha gestão”, finalizou o presidente Júlio César.
Gil Carvalho
Jornalista

Blog do companheiro, da blogosfera, professor Francisco Lima se aproxima dos 22 mil acessos



O professor Francisco Lima, companheiro “confrade” da blogosfera, vem destacando-se no mundo do jornalismo online (web-jornalismo), através da ferramenta blog. O endereço da página do companheiro na internet é – Francisco Lima


www.franciscosophos.blogspot.com.br 

Crítico, com posicionamento próprio, como tem que ser; pois o jornalismo (seja no rádio, TV, revista, jornal impresso ou na internet) deve pautar suas matérias no interesse jornalístico/social/público, e não baseado no interesse puramente publicitário: este é outro departamento, e quem deve cuidar de tal é o setor comercial, e não o jornalístico.


Com textos claros, quase sempre curtos, de fácil compreensão, e notadamente zelando pela Editorial educacional, Francisco Lima se aproxima dos 22 mil acessos/cliques; e essas marcas não se conseguem “por sorte”, é prova de competência e reconhecimento do trabalho. Parabéns, companheiro, seja bem vindo ao mundo IMPRENSA. Pois fazer mídia, pode muito bem ser uma função paralela. A história mostra que grandes JORNALISTAS (aqueles que fortaleceram a profissão) foram socialistas, filósofos, engenheiros, médicos, administradores... Professores.


NOTA DO BLOG CARLOS FERREIRA


DEU NO BLOG MAICON SOUSA (o homem dos textos clássicos - jovem, está se consagrando na blogofesra): "Tem gestora na região que tá sendo conhecida como "Prefeita 31" passa 1 dia na cidade e o restante tomando Old Parr e comprando bolsa da Carmen Steffens"

Acesse blog Maicon Sousa - Açailândia 

Uma conhecida gestora da região, que possui família rica e costuma arrancar muitos suspiros, inclusive de personalidades politicas que chamam a mesma de gatona linda, enquanto no dedo da mão possui aliança, está sendo conhecida como "Prefeita 31". 

A forma de se referir a prefeita foi criada pelo fato desta passar 1 dia na cidade, onde foi eleita, e o restante do mês fora do município, curtindo em festas de luxo, participando de jantares regados a Whisky Old Parr e muita comida.
Porém nada de bom para a população é discutido em tais andanças. A ausência da mulher é tão grande que a própria base-aliada anda se reclamando de não conseguir mais encontra-la na cidade para as conhecidas "conversas politicas".
A prefeita não aparece nem mesmo quando é convidada para receber homenagem por contribuição a instituições importantes. Enquanto não vai na cidade onde foi eleita resolver a situação dos concursados que até o momento não foram convocados, está em restaurante chiques de São Luis, visitando shopping da ilha e comprando bolsas caras da Carmen Steffens.
 
O engraçado é que tem umas prefeitas da região que se mostram altamente religiosas, uma vive dizendo que Deus é bom, outra diz que tem como protetores São Cosme e Damião,outra fala que quem deu o poder não foi o povo, foi Deus e tem "prefeita 31" que quando tá tomando Old Parr começa a dizer: Eita minha irmã, mas Jesus é bom. 
 
Vai entender tanta religião..e tanta falta de compromisso com o povo....

Todo o love (troca de juras de amor) da posse, em janeiro, começa a ser coisa do passado: vereador desabafa

VEREADOR FILHO DENTISTA FAZ GRAVES DENUNCIAS CONTRA O MUNICÍPIO DE RIBEIRÃOZINHO
 
Governador Edson Lobão - A situação é desesperadora em que se encontra a comunidade de Bananal, no município de Governador Edison Lobão-MA. A denúncia é do vereador Antônio Mesquita Carvalho Filho, mais conhecido como Filho Dentista (PSDC).
Segundo o denunciante, no posto de saúde daquela localidade falta desde um simples esparadrapo até ambulância. “Fiz uma visita até aquela unidade de saúde e pude realmente constatar que falta muita coisa por lá; solicitei ao prefeito que determinasse a sua secretária de saúde que fizesse um acompanhamento emergencial no posto visando resolver os problemas que ali foram constatados, pois não é possível o povo viver nesse drama”, disse.

“A secretária de Saúde parece que deu as costas para o distrito de Bananal, pois, se não fosse alguns táxis que circulam pela cidade muita tragédia poderia acontecer, visto que eles são quem tem levado os pacientes em piores condições para serem atendidos na cidade de Imperatriz; mas isso tem custo. E são caros, os valores variam, de R$ 50 a R$ 80 reais, que saem do bolso do paciente. "Às vezes eu estou por perto e auxilio os moradores, que contam com a solidariedade dos vizinhos também. É triste uma situação dessas”, lamenta.

O vereador disse ainda que esse problema começou desde
o início da atual administração do executivo. Falou também que ele colocou um carro à disposição da população, mas esse carro não durou dez dias, semelhante à situação dos medicamentos que chegam ao posto de Bananal, mas que não duram dez dias e aí o resto do mês o povo fica sem receber o que lhe é devido na área da saúde.
“Eu acredito que até tem verba para a saúde do município, porém, o problema está na incompetência de seu secretariado, se o prefeito colocar pessoas competentes para ajudá-lo a coisa vai funcionar. É só uma questão de diálogo”, finaliza Filho Dentista.

Deu no Tribuna do Tocantins

Adeptos da caminhada, em Brejão, começam a mudar o roteiro

São Francisco do Brejão - Há muito tempo que são vistas, diariamente, dezenas de pessoas fazendo caminhada às margens da MA 125, (rodovia que liga Brejão à BR 010, no Trecho Seco), no início ou final do dia.

Alguns em busca de emagrecer, outros por recomendações médicas, outros com o desejo de melhorar a circulação sanguínea (caminhada faz bem para saúde), e outros, sei lá, quem sabe, alguns vão para espairecer, distanciar o stress, fazer amizades... O certo é que muitas pessoas (conforme já postamos matérias aqui, e no Jornal A Hora) duelam com carros e motos, todos os dias, em busca da beleza e/ou melhoria da saúde.

MUDANDO O ROTEIRO

Nesta última semana, e nesta semana, comecei a observar uma quantia considerável de pessoas fazendo caminhada, aos finais de tarde, às margens do parque de vaquejada. "Ops!, pensei; isso dá uma matéria, pois é uma atitude legal, estão vendo um novo espaço, e quem sabe estão evitando futuros acidentes, lá naquela MA", pensei.

Não que sejam erradas, as pessoas utilizarem a rodovia para praticarem seus exercícios, pois não dispõe de praças públicas para tal prática. Como diz o velho ditado - quem não tem cão, caça com gato - Mas, por outro lado, o cenário encontrado ao redor do Parque Raimundo Alves de Oliveira (vaquejada) é um por do sol maravilhoso, vento, extensão rural; a respiração é até muito melhor (ao invés do cheiro carbônico que saem dos carros e motos ao queimar combustível, e o perigo de acidentes), você anda sem receios, cheiro da relva... Sem deixar de vê a cidade, que amamos! Parabéns.

Carlos Ferreira
Jornalista

Clay e Igor Lago anunciam desfiliação ao PDT

Blog do Luis Cardoso
Igor e Clay Lago.
Igor e Clay Lago.

No dia 4 de junho, Terça-feira, as 15 horas, a Dra. Clay Lago, o Dr. Igor Lago e o ex-Deputado Wagner Lago vão comunicar a Justiça Eleitoral suas saídas do PDT.

Eles estão convidando a imprensa para presenciar o fato. Após a comunicação, os três falarão à imprensa, la mesmo no Fórum Eleitoral.

Provavelmente os três parentes do falecido ex-governador Jackson Lago irão ingressar na Rede Sustentável.


quinta-feira, 30 de maio de 2013


Entenda como um empresário, com um negócio próspero, conseguiu transformar um faturamento anual de R$ 2 milhões em uma dívida de R$ 750 mil


O que você vai ler abaixo é uma história real

Flávio Augusto, Administradores.com





Recentemente conversei por quase duas horas com um empresário que tive a oportunidade de ajudá-lo a dar os seus primeiros passos em sua ascensão, desde quando começou o seu próprio negócio em SP no final da década de 90. Vou contar parte de sua história e usar o pseudônimo "João" para guardar a sua privacidade, mas com a sua autorização, vou compartilhar abertamente o seu problema, porque seguramente essa patologia é vivida por muitas pessoas, em diversos níveis sociais e em todo mundo. 

Nos últimos 15 anos, João, que começou o seu negócio do zero e com muita luta, conquistou o sucesso, cresceu financeiramente e viu o seu projeto florescer, conquistando muito prestígio no meio social em que vivia. Neste mesmo período, enquanto o seu negócio prosperava, até hoje, João também gastou mais de 12 milhões de reais e, atualmente, pelo seu estilo de vida, o seu patrimônio foi reduzido a zero. Desculpe-me, mas para ser mais preciso, o seu patrimônio na realidade atualmente é uma dívida de aproximadamente 750 mil reais.

As duas empresas do João, que têm um excelente produto e um faturamento de mais de 2 milhões por ano, têm fechado o resultado de um fluxo de caixa mensal negativo que já ultrapassou o valor de 50 mil reais. Isso porque além dos custos operacionais regulares, as empresas estão com gastos excessivos, o que inclui um gasto mensal adicional de 30 mil reais, relativo aos empréstimos bancários e parcelamentos de impostos atrasados, dívidas contraídas também para bancar o seu estilo de vida.

João tem 43 anos, casado há quase 20, tem dois filhos adolescentes e é uma pessoa honesta e trabalhadora. Então, como ele conseguiu se meter nessa situação depois de ter ganhado tanto dinheiro e construído um negócio tão promissor? 

O declínio

Eu conheço muito bem essa família e o seu negócio. Posso lhe assegurar que não estamos falando de um problema mercadológico que a sua empresa pudesse estar atravessando, mas única e exclusivamente de um problema relacionado ao seu estilo de vida. 

João não é dependente químico, não sustenta amantes ou famílias em paralelo, não é viciado em jogo e nem perdeu o seu dinheiro na Bolsa de Valores. E como conheço de perto e acompanho, buscando ajudar essa família há muito tempo, há muitos anos João é viciado numa droga que afeta a todas as camadas da sociedade. Ricos e pobres de todas as raças e credos a cada dia têm sofrido muito pelos efeitos destrutivos deste psicotrópico devastador chamado consumismo.

Não estou me referindo a um consumo consciente ou ao desejo legítimo por experimentar novos produtos, considerando inclusive que este é um dos motores da economia, mas sim a um exagero doentio, o que estou classificando como consumismo. Apesar de não ser psicólogo, pela minha experiência em mais de 20 anos formando executivos e empreendedores, pude observar em inúmeros casos que o consumismo é uma séria patologia comportamental que faz com que o indivíduo, sem que ele tenha a consciência clara desta condição, consuma de forma desenfreada produtos ou serviços sem a real necessidade dos mesmos. 

Observei que muitas podem ser as razões para este comportamento, como por exemplo, preencher um vazio decorrente de quadros depressivos, por necessidade de aceitação social, o que neste caso, grifes e marcas passam a ter uma enorme importância, falta de autoestima, dentre outras razões que podem dar origem a um comportamento extremamente consumista. Este estilo de vida é rapidamente assimilado por toda família que passa associar a sua felicidade ou autoestima ao consumo de produtos, seja um novo modelo de celular, um novo carro, roupas de moda, viagens que os amigos fazem, bolsas, sapatos, novos modelos de computador, compras excessivas no supermercado, em restaurantes, além de parentes que, atraídos por este estilo de vida acabam participando dessas orgias do consumo bancado pelo filho ou filha que de repente ficou rico(a). Tudo isso fomentado por excessivo tempo assistindo TV ou internet, onde todos são alimentados e bombardeados pelos estímulos da propaganda. 

Este problema não é privilégio dos ricos. Como disse, é um estilo de vida que se manifesta em todas as camadas da sociedade. Nas classes mais baixas, os cheques pré-datados, promoções relâmpagos, representam "oportunidades" imperdíveis que fazem com que o indivíduo mergulhe na escravidão do cartão de crédito, cheque especial e dos empréstimos extorsivos de instituições financeiras e até de agiotas. Como consequência, passará toda a vida pagando contas sem evoluir. Sempre terá pose de bacana com a sua TV LCD, TV a cabo com per per view, e o seu carro financiado em 80 prestações, mas terá a sua caixa de correio sempre lotada de cartas de cobrança.

Como posso evitar?

Eu poderia me alongar muito neste tema, mas vou resumir. O segredo básico para construir uma vida próspera é simples: gastar menos do que ganha. Um sintoma muito comum do início da dependência da droga do consumismo pode ser observado em frases do tipo: "Mas é impossível viver gastando menos do que eu gasto. Eu ganho muito pouco". Outra muito comum, dita por aqueles que já estão num estágio mais avançado é: "Pra que vou guardar dinheiro? Eu não sei nem se vou tá vivo amanhã…" ou para justificar o seu estilo de vida, tentam desqualificar o conselho de gastar menos do que ganha, argumentando de forma apelativa assim: " Diz isso pra quem ganha um salário mínimo"... Os sintomas psíquicos do consumismo são muito sutis e são sempre acompanhados desses argumentos auto-convincentes, muito parecidos com a forma que também se observa no comportamento de indivíduos com alguma dependência química.

Pra você prosperar, poder ajudar outras pessoas e acumular capital para poder investir numa real oportunidade de negócios, é necessário estar livre do consumismo, livre desta escravidão psíquica, com a sua família saudável e pronta para construir um futuro promissor. Isso porque o consumismo visa sempre o imediato em detrimento do futuro, mas para construir um projeto promissor, o foco deve estar no futuro, investindo o seu presente para construí-lo. Consumismo e prosperidade são inimigos, percebeu?

Para finalizar, e o que vai acontecer com o João? Bem, infelizmente ele e toda sua família vão arcar com as consequências do estilo de vida em que viveram até hoje. Eu estou o ajudando a fazer um plano de longo prazo para sair dessa, além de recomendá-lo um tratamento psicológico com toda família. Se ele tiver disciplina e humildade, com muito trabalho, tenho a certeza que vai virar o jogo. Do contrário, o buraco só vai aumentar, transformando-se num poço sem fundo. As consequências neste caso seriam incalculáveis.

Para os que esperavam um final feliz, desculpe-me desapontá-lo. Fica aqui o exemplo do quão grave e o quanto o consumismo pode fazer uma família sofrer.
Se você se identificou com alguma parte desta história, não pague pra ver e peça ajuda imediatamente para um amigo, pessoas de confiança ou até ajuda profissional. Do contrário, tenha a certeza de que você poderá pagar muito caro.